quarta-feira, novembro 25, 2009

A Multidão Das Tuas Misericórdias


" Compadece-te de mim, ó Deus, segundo a tua benignidade; e, segundo a multidão das tuas misericórdias, apaga as minhas transgressões". Sl 51

Talvez esse seja o salmo mais conhecido entre os cristãos, pelo teor do pecado humano e da superabundante Graça perdoadora de Deus. O salmo de autoria de Davi, transcorre o que passou na sua alma...Ante o pecado e diante de Deus.
O reconhecimento da sua iniquidade gerava em Davi um coração disposto a oferecer a "cara" pra bater...O primeiro passo a ser perdoado é reconhecer conscientemente o seu erro e expô-lo a Deus. Pois se expressa " Pequei contra ti, contra ti somente, e fiz o que é mal perante os teus olhos, de maneira que serás tido por justo no teu falar e puro no teu julgar". Ele diz "contra ti", de sorte que todo pecado é afronta a Deus. O pecado sempre afrontará à Verdade.

Ante o pecado, o salmista se via sujo (lava-me), somatizando-se na carne (os ossos que esmagaste), surdo pela infelicidade (faze-me ouvir júbilo e alegria), espírito e coração abaláveis( pela hediondez da maldade íntima e escondida), inconstância e degradação (sustenta-me com um espírito voluntário), perda considerável da eterna alegria ( restitui-me a alegria da tua salvação), apático pelo silêncio ( Abre, Senhor, os meus lábios, e a minha boca manifestará os teus louvores ), camufladamente formal e religioso ( Pois não te comprazes em sacrifícios; do contrário, eu tos daria; e não te agradas de holocaustos).

Diante de Deus, só restava um pecador arrependido que apela para a riqueza da misericórdia divina, no qual diz "compadece-te de mim". O que dizer diante de Deus? É somente afirmar "... de maneira que serás tido por justo no teu falar e puro no teu julgar..." Era o que salmista fez, dando sempre razão a Deus, pois esse é o sentido, a direção. Se somos sentenciados diante dele em razão dos nossos pecados, a nossa Única e Eterna opção é o aplacamento de sua ira, mediante a Propiciação do Cordeiro imolado antes da fundação do mundo.

A nossa injustiça causada pelo pecado é desfeita pela justificação do Filho de Deus...O "sê propício" somente é concretizado pela retirada da mancha do pecado em nossas vidas. " Filhinhos meus, estas coisas vos escrevo para que não pequeis. Se, todavia, alguém pecar, temos Advogado junto ao Pai, Jesus Cristo, o Justo; e ele é a propiciação pelos nossos pecados e não somente pelos nossos próprios, mas ainda pelos do mundo inteiro" I Jo 2.1

Daqui temos a "multidão das Suas misericórdias" nos assistindo e intercendendo-nos!

Não importa os teus muitos pecados...A multidão das misericórdias de Cristo prevalecerá...

Eu quero estar "perdido" sempre em meio essa MULTIDÃO!

Com Amor,

Mário Celso


0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts with Thumbnails